A Ford está matando o Mondeo globalmente em 2022

Nos ajude compartilhando esse conteúdo

Conhecemos o Mondeo como Fusion nos EUA, onde foi eliminado em 2020.

A Ford tem estado em frangalhos nos últimos anos nos Estados Unidos, onde está matando basicamente qualquer coisa que não seja um caminhão ou um SUV.

A Europa escapou de um pouco disso, mas o Ford Mondeo – também conhecido como Ford Fusion aqui nos Estados Unidos, onde está instalado desde 2020 – logo morrerá globalmente, anunciou a empresa na quinta-feira, 25 de março.

A Ford tem estado em frangalhos nos últimos anos nos Estados Unidos, onde está matando basicamente qualquer coisa que não seja um caminhão ou um SUV.

A Europa escapou de um pouco disso, mas o Ford Mondeo – também conhecido como Ford Fusion aqui nos Estados Unidos, onde está instalado desde 2020 – logo morrerá globalmente, anunciou a empresa na quinta-feira, 25 de março.

A decisão de enviar o Mondeo para a guilhotina foi tomada à medida que a Ford avança mais para veículos elétricos e híbridos como o Explorer PHEV, bem como o Kuga (também conhecido como Escape) e o Galaxy (uma minivan).

O Ford Mondeo foi introduzido em 1993 como um substituto do Ford Sierra. Foi a primeira tentativa da Ford de um carro global, e vimos isso nos Estados Unidos pela primeira vez como o Ford Contour. Sua plataforma também sustentou o Mercury Cougar, o Taurus de sétima geração e o Jaguar X-Type, entre outros.

A produção do Mondeo deverá continuar até o início de 2022.

#Ford #Sedans #Indústriaautomobilística #Ford

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *