A Gigabyte é a mais recente grande fabricante de PCs a sofrer um ataque de ransomware

Os invasores também roubaram dados.

Acer e Apple não são as únicas grandes marcas de PC sofrendo com ataques de ransomware nos últimos tempos. Bleeping Computer e United Daily News relatam que a Gigabyte, com sede em Taiwan, sofreu um ataque de ransomware entre 3 e 4 de agosto. A empresa apenas confirmou que desligou a infraestrutura de TI e que alguns servidores foram afetados, mas há indícios de que o ataque poderia ter sido pior.

De acordo com fontes da Bleeping Computer, a gangue de extorsão RansomEXX alegou ter roubado 112 GB de dados internos confidenciais, bem como informações de um repositório de código. Isso inclui informações sobre os chips Intel e AMD, bem como um documento de depuração. A violação é conhecida por ter afetado a página de suporte da Gigabyte e partes da página taiwanesa.

A Gigabyte disse que contatou a polícia, mas não disse se pagaria o resgate.

A RansomEXX começou em 2018 com o nome Defray, mas foi rebatizada em 2020 e tem como alvo organizações cada vez mais importantes, incluindo o governo brasileiro, o Departamento de Transporte do Texas e as telecomunicações estatais do Equador. Não se acredita que esteja associado ao grupo REvil que atacou a Acer, assim como a Quanta, fornecedora da Apple.

Não é surpreendente que as empresas de PC enfrentem esses ataques. Eles não só têm dinheiro para pagar resgates, mas também uma série de segredos tecnológicos que estão ansiosos para proteger. No entanto, a sequência de ataques ainda é preocupante. Além do impacto financeiro de curto prazo, há também a preocupação de que esses ataques possam vazar segredos comerciais que causam danos a longo prazo.

#notícia # #internet #ransomware #Gigabyte #segurança #computaçãopessoal #RansomEXX #Custear #hackear

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *