A NASA diz que foi um meteoro que sacudiu o solo no dia de ano novo

Um bólido se espalhou sobre a Pensilvânia, liberando uma explosão equivalente a 30 toneladas de TNT.

Nas primeiras horas da manhã do dia de Ano Novo, os residentes do subúrbio de Pittsburgh foram suavemente sacudidos em 2022 por um barulho alto que sacudiu e sacudiu as casas. A NASA agora confirma que o misterioso boom não foi uma folia tardia, mas um bólido quebrando na atmosfera acima.

“Se não estivesse nublado, a bola de fogo seria facilmente visível no céu diurno”, escreveu a agência espacial em sua página do Facebook Meteor Watch na noite de domingo. “Estimativa grosseira indica cerca de 100 vezes o brilho da lua cheia.”

A explosão intrigou muitos em Pittsburgh, pois não havia registro de atividade sísmica, trovão ou relâmpago na época. No entanto, o satélite meteorológico GOES-16 da NASA captou uma “forte assinatura de meteoro” que foi verificada mais tarde.

A NASA diz que os sensores no solo detectaram a onda de explosão do meteoro se separando enquanto ele viajava pela atmosfera, enfrentando calor extremo e atrito ao longo do caminho. Estima-se que a rocha espacial tinha cerca de um metro de diâmetro, pesando meia tonelada, e que o evento liberou energia equivalente a 30 toneladas de TNT.

Isso o torna um bólido bebê em comparação com o meteoro que se espalhou sobre a Rússia em 2013, explodindo milhares de janelas abaixo. Esse bólido liberou o equivalente a 440.000 toneladas de TNT, de acordo com a NASA.

Devido ao pequeno tamanho do bólido sobre a Pensilvânia, é improvável que nenhum pequeno meteorito tenha chegado ao solo. A coisa toda provavelmente queimou na atmosfera.

#NASA #Espaço

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.