BMW faz recall de mais de um milhão de carros, a maioria pela terceira vez, por risco de incêndio no motor –

A montadora de luxo diz que um “remédio está sendo desenvolvido”.

A montadora alemã BMW está fazendo o recall de mais de um milhão de veículos em todo o mundo, citando um problema com o sistema de ventilação do motor que pode fazer com que ele pegue fogo.

Aproximadamente 917.000 sedãs e SUVs nos EUA estão sendo recolhidos, juntamente com outros 98.000 carros no Canadá e 18.000 na Coreia do Sul, disse um porta-voz da BMW à Bloomberg. no aquecedor da válvula de ventilação positiva do cárter. Essa irregularidade pode, com o tempo, levar ao superaquecimento e até causar um incêndio – esteja o carro estacionado ou sendo conduzido.

A BMW não respondeu imediatamente a um pedido de comentário. A empresa indicou em documentos que um “remédio está sendo desenvolvido”, provavelmente pronto em meados de 2022.

O recall, anunciado na quarta-feira no site da NHTSA, abrange muitos veículos da Série 3, Série 5, Série 1, X5, X3 e Z4 produzidos entre 2006 e 2013 – a maioria dos quais foi submetida a recalls anteriores.

De acordo com a BMW, se um motorista sentir cheiro de fumaça ou plástico queimado – ou vir fumaça saindo do motor – ele deve parar em um local seguro, desligar o motor e sair do veículo.

O primeiro incêndio foi observado em 2019, mas foi considerado um incidente isolado, de acordo com o relatório de recall da NHTSA. No início de 2021, mais seis incidentes foram relatados.

A montadora diz que, embora os incêndios tenham sido raros, iniciou um recall voluntário na semana passada. Os proprietários dos veículos afetados serão notificados por carta a partir de 25 de abril.

Novo vídeo sobre mesa posta da Tati

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.