Harry Reid pede ao FBI para investigar possível adulteração das eleições russas

Em uma carta publicada ontem, o líder da minoria no Senado, Harry Reid, escreve ao diretor do FBI, James Comey, para solicitar que o bureau faça uma investigação pública sobre a possibilidade de o governo russo tentar adulterar os resultados da eleição presidencial dos EUA neste ano. Reid diz que briefings confidenciais alimentaram sua preocupação com o hacking russo “Recentemente, fiquei preocupado que a ameaça do governo russo de interferir em nossa eleição presidencial é mais extensa do que amplamente conhecida e pode incluir a intenção de falsificar os resultados oficiais das eleições”, escreve Reid no carta, relatada pela primeira vez pelo The New York Times. Em uma entrevista ao Times, Reid acrescentou que briefings confidenciais o levaram a acreditar que Vladimir Putin planejava “adulterar esta eleição”. Em sua carta, Reid aponta notícias desta semana de que os sistemas de registro eleitoral no Arizona e Illinois foram alvos de hackers. Na violação de Illinois, os hackers conseguiram roubar dados de 200.000 eleitores registrados, embora o hack do Arizona tenha instalado malware em um sistema, mas não levou a nenhum dado roubado. Algumas evidências circunstanciais ligavam os ataques à Rússia, mas havia poucos motivos para acreditar que os hacks pudessem alterar os resultados de uma eleição. O FBI está investigando essas invasões. Reid também tomou nota da recente invasão do Comitê Nacional Democrata, que pode ter envolvido a Rússia e foi considerada uma tentativa de constranger Hillary Clinton. Reid criticou Donald Trump na carta também, referindo-se a “uma série de relatórios perturbadores sugerindo outros métodos que a Rússia está usando para influenciar a campanha de Trump”. Trump já havia manifestado sua admiração pela Rússia e Putin, levando um ex-diretor da CIA a chamá-lo de “um agente involuntário” do país.

#tecnologia #tecnologia #tecnologia #política #nós-mundo #tecnologia #cíbersegurança

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *