Mojang e Bethesda resolvem disputa de marca registrada de ‘Scrolls’

A ação judicial entre Bethesda e Mojang sobre a marca registrada ‘Scrolls’ foi resolvida.

Foram alguns meses emocionalmente tumultuados para os jogadores. Mojang (amado estúdio independente responsável por Minecraft) e Bethesda (amado grande estúdio responsável pela série The Elder Scrolls) têm discutido sobre a palavra “Scrolls”, o nome proposto para o próximo título de Mojang, e nós, jovens consumidores impressionáveis, fomos pegos no fogo cruzado. Bethesda disse que a palavra infringia sua marca registrada Elder Scrolls, Mojang naturalmente discordou, e Bethesda acabou levando a questão ao tribunal – ignorando a oferta de Mojang de resolver a disputa em uma luta mortal no terremoto. Bem, agora o processo foi encerrado, de acordo com uma série de tweets de Notch de Mojang. O acordo, de acordo com Notch, é que Bethesda mantenha a marca registrada, Mojang poderá usar o nome Scrolls para seu próximo RPG de estratégia e que Mojang não criará um concorrente Elder Scrolls usando o nome. Pelo que podemos recolher dos tweets de Notch, também parece que nenhum dinheiro mudou de mãos.

E!! Nós combinamos com Betesda! Yaaaay! <3

10 de março de 2012

Na manhã de segunda-feira, a Bethesda confirmou o acordo, acrescentando alguns detalhes.

De acordo com os termos do acordo, todos os direitos da marca registrada ‘Scrolls’ são transferidos para a empresa controladora da Bethesda, ZeniMax. A empresa, por sua vez, licenciou a marca ‘Scrolls’ para a Mojang para uso com seu jogo de cartas digital Scrolls existente e qualquer material complementar que ela fizer para esse jogo. Os termos do acordo impedem Mojang de usar a marca Scrolls em qualquer sequência do jogo de cartas atual ou de qualquer outro videogame.

“Estamos satisfeitos por ter resolvido este assunto com Mojang amigavelmente”, disse Robert Altman, presidente e CEO da ZeniMax. “The Elder Scrolls é uma marca importante para nós, e com este acordo fomos capazes de proteger nossos valiosos direitos de propriedade enquanto permitíamos que a Mojang lançasse seu jogo de cartas digital com o nome de sua preferência.”

Alcançado para comentar o assunto na tarde de segunda-feira, um porta-voz da Bethesda se recusou a economizar se algum dinheiro mudasse de mãos no negócio.

#tecnologia #tecnologia

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *