Roblox fecha o aplicativo móvel chinês para trabalhar em uma nova versão

Roblox diz que precisa realizar ‘uma série de ações transitórias importantes’ enquanto reconstrói o aplicativo

A Roblox fechou a versão chinesa de seu aplicativo para iOS e Android, também conhecido como LuoBuLeSi, apenas cinco meses após seu lançamento na China, de acordo com um relatório da TechCrunch. O aplicativo, que foi lançado como um teste em parceria com a empresa de jogos chinesa Tencent, será reconstruído e potencialmente relançado no país em uma data posterior.

Roblox foi oficialmente retirado das lojas de aplicativos em 8 de dezembro do ano passado, conforme anunciado em uma versão traduzida do site da Roblox China. A postagem agradece aos jogadores por testarem o aplicativo e diz que os desenvolvedores “continuarão a otimizar o produto”.

“Várias ações transitórias importantes são necessárias” à medida que os desenvolvedores reconstroem o aplicativo

“No ano passado, lançamos o Roblox China, também conhecido como LuoBuLeSi, com a visão de construir um universo virtual imersivo de experiências 3D na China que temos testado e repetido ao longo do caminho”, disse o porta-voz da Roblox, James Kay, em um comunicado ao The. “É fundamental que agora façamos os investimentos necessários, incluindo investimentos em nossa arquitetura de dados, a fim de concretizar nossa visão de longo prazo para LuoBuLeSi.”

Quanto ao motivo da remoção do aplicativo Roblox, Kay disse ao The que “uma série de ações transitórias importantes são necessárias” enquanto a plataforma se prepara para construir outra versão do aplicativo. Kay também não compartilhou detalhes adicionais sobre quando a nova versão será lançada, observando que a empresa tornará as informações públicas quando chegar a hora.

A breve estreia do Roblox na China não foi livre de desafios – o Financial Times relata que a plataforma parecia lutar contra concorrentes chineses, como o Reworld, de propriedade da ByteDance. Além disso, a Roblox encontrou um desafio ainda maior: a própria China. O Financial Times observa que o Roblox estava sujeito aos padrões regulatórios da China, apesar de se comercializar como um jogo educacional, resultando na censura de alguns de seus recursos.

O desligamento do Roblox China, embora temporário, marca a cessação repentina de mais um jogo popular no país. Em novembro, a Epic Games encerrou um teste de Fortnite na China sem muita explicação, apesar do jogo ter pesadas modificações para cumprir as rígidas regras de conteúdo da China. Ainda mais surpreendente, a versão global do Steam parece ter sido banida na China no final de dezembro, talvez para substituir o serviço pela versão chinesa muito mais limitada.

Antes de todas essas paralisações relacionadas a jogos, os reguladores chineses compararam os videogames ao “ópio espiritual” e começaram a limitar o tempo de tela das crianças a apenas três horas por semana. Isso além de um toque de recolher que proíbe as crianças de jogar entre 22h e 8h, o que supostamente é uma luta contra o vício em videogames.

#tecnologia #tecnologia #tecnologia #jogos #apps #entretenimento #tecnologia #notícias

John Doe

Curioso e apaixonado por tecnologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.