Facebook, Twitter, Instagram são ‘lixo’, diz o fundador do Linux, Torvalds

Nos ajude compartilhando esse conteúdo

O pioneiro da tecnologia Linus Torvalds diz que a maneira como a mídia social funciona hoje incentiva o mau comportamento. “É uma doença.”

Conte outra pessoa que não está “gostando” das mídias sociais atualmente.

Linus Torvalds, o criador finlandês do software livre Linux que compete com o MacOS da Apple e o Windows da Microsoft para alimentar computadores, não mediu as palavras ao discutir o Facebook, Twitter e Instagram. E em uma entrevista esta semana para o Linux Journal, ele sugeriu que é um dos maiores problemas que a indústria de tecnologia está enfrentando hoje.

Conte outra pessoa que não está “gostando” das mídias sociais atualmente.

Linus Torvalds, o criador finlandês do software livre Linux que compete com o MacOS da Apple e o Windows da Microsoft para alimentar computadores, não mediu as palavras ao discutir o Facebook, Twitter e Instagram. E em uma entrevista esta semana para o Linux Journal, ele sugeriu que é um dos maiores problemas que a indústria de tecnologia está enfrentando hoje.

“Eu detesto absolutamente as ‘mídias sociais’ modernas – Twitter, Facebook, Instagram. É uma doença. Parece encorajar o mau comportamento”, disse ele em resposta a uma pergunta sobre a única coisa que ele consertaria na tecnologia hoje. “Todo o modelo de ‘curtir’ e ‘compartilhar’ é apenas lixo. Não há nenhum esforço e nenhum controle de qualidade. Na verdade, é tudo voltado para o reverso do controle de qualidade, com alvos de menor denominador comum, isca de clique e coisas projetadas para gerar uma resposta emocional, muitas vezes de indignação moral. “

Torvalds, que lançou o Linux pela primeira vez em 1994, é conhecido na comunidade de tecnologia por ser bastante rude. Mas ele não é o único insatisfeito com as redes sociais.

Pesquisas indicam que as opiniões das pessoas sobre a mídia social caíram acentuadamente nos últimos anos, impulsionadas em parte por questões de assédio, mau comportamento e terrorismo que ofuscaram tudo o que o Facebook, Twitter e Instagram são usados.

A causa raiz, disse Torvalds, é o anonimato.

“Quando você nem mesmo coloca seu nome verdadeiro no lixo (ou no lixo que você compartilha ou gosta), isso realmente não ajuda.” Em vez disso, disse ele, as pessoas não deveriam ser capazes de compartilhar ou gostar de coisas sem antes provar sua identidade.

Facebook, Twitter e Instagram não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

#IndústriadeTecnologia #DigitalMedia #Linux #Facebook #Instagram #Twitter

Allan Siriani

Curioso e apaixonado por tecnologia, professor do curso superior de BigData no agronegócio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *